Tchota 2021

3/11/2021
IV Conferência Nacional sobre Recursos Minerais - Luanda

Recursos naturais, bênção ou maldição? Questionou a Juliana Tumba, uma das oradoras do primeiro painel da Conferência sobre recursos naturais, promovida pelo TCHOTA. Na opinião da oradora, “os recursos naturais, representam uma maldição para as comunidades residentes nas zonas de exploração mineira”. De acordo com a facilitadora, “verifica-se, inclusive, abusos sexuais às meninas e mulheres que residem nestas áreas”.  

Sob o tema: a visão da sociedade civil no processo de adesão de Angola à Iniciativa Internacional para a Transparência na Indústria  Extractiva - ITIE,  os facilitadores Frei Júlio Candeeiro, Director-Geral do Mosaiko, Luís António, Director do Gabinete de Intercâmbio do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás e Juliana Tumba, em representação da Associação Mwana Pwo, fizeram uma profunda reflexão sobre a adesão de Angola ao ITIE, tendo sido concluído que, não basta fazer parte da iniciativa, é importante que o Estado angolano e as empresas exploradoras cumpram com as suas responsabilidades junto das populações ribeirinhas.

A conferência financiada pela Ajuda da Igreja Norueguesa, decorreu nos dias 27, 28 e 29 de Outubro, no Edifício Extensão da Universidade Católica de Angola, em Luanda. A plataforma TCHOTA, constituída em 2016, reúne as Organizações da Sociedade Civil, e tem como objectivo contribuir para uma maior consciencialização da sociedade angolana sobre os desafios ligados à exploração dos recursos naturais, melhor gestão e justa distribuição dos rendimentos. Integram o TCHOTA: AJPD, Mãos Livres, Mosaiko, ADRA, FMJPIG, Mwana Pwo, CEAUCAN, AJUDECA, Associação Mbakita e AACDA.

gALERIA
ÚLTIMas notíciaS
8
+244 993 401 023
6
ajpd@netangola.com
ajpd@ajpdangola.co
7
Rua Nicolau Gomes Spencer, Prédio nº47, 1.º Andar, Direito, Maculusso, Luanda
© AJPD Angola 2018